Google+ Followers

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Reinaldo Azevedo seria ministro da casa civil em um governo decente e ético.

Tenho admiração pela pessoa, pelo intelectual e pela coerência de Reinaldo Azevedo. Não, pessoas leitoras, não estou babando ovo. Ele não precisa disso, nem eu. A questão é que, mesmo nas diferenças (ele é católico, eu sou agnóstico rebelde), a indignação que ele destila em seus escritos é, no mínimo, elegantemente inteligente.

Aí vêm os conhecidos que amam ler o Diplô e a Carta Capital e me dizem que Reinaldíssimo é de direita, reacionário, blábláblá.

Que preguiça.

Ele é democrata, coerente e lúcido. Ele poderia ser ministro da casa civil se tivéssemos no futuro um presidente decente.

E, assim como eu, liquidificou Arnaldo Antunes e Gerald Thomas.

Viva o Reinaldo. Leia o Reinaldo.

Se for pra discordar de alguém, que seja dele. Mas tente ter a mesma coerência e elegância.

Nenhum comentário: