Google+ Followers

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

A Maionese é Porca

A maionese é uma excrecência. Diria eu, aliás, a maionese é feia, medonha, deselegante, porca, patê fajuto feito na preguiça, lambança desleixada de antigourmand.

A maionese é um nojo.

Ela é criminosa porque mata amores que poderiam acontecer, quando algum infeliz do casal no primeiro encontro tem a péssima idéia de comer seja lá o que for com maionese.

Aquela babinha branca na lateral da boca.

A maionese torna o beijo inviável.

A maionese é o aborto de requeijão catupiry. É o que ele, requeijão, seria se natimorto.

Também, ovo cru com óleo. Óvulos com lipídios. Eca.

Isso dito, please, poupem-me da cena escatológica da maionese na pizza.

Porque logo logo imagino o Luis Inacio comendo de boca aberta pedindo pra Galega botar mais macarronese no prato porque ele ainda não tá cheio.

Socorro mamãe.

Nenhum comentário: