Google+ Followers

sexta-feira, 2 de maio de 2008

poemasmeus- 888

tulipas são
a evolução das rosas,
sem o excesso petalar,
sem o escândalo retorcido,
sem o aroma invasivo;
o amor que tenho
é de tulipas,
amores de rosa
fatigam o encantamento.

Nenhum comentário: