Google+ Followers

quinta-feira, 15 de maio de 2008

poemasmeus-866

na praia, na praia,
está na praia o fim do mundo,
o começo de tudo,
o primeiro passo,
a última fita,
os adeuses mais fundos,
os amores mais rasos
de verões descartáveis,
o amor do mais de tudo
do inverno apalancável.

Nenhum comentário: