Google+ Followers

terça-feira, 22 de abril de 2008

poemasmeus775

haverá sorte
nalguma felicidade,
há o amor ou haverá
o prazer do amor,
são as angústias doces
que no coração acampam,
melhor mesmo é o deleite
ds incertezas memoráveis, dos amores fugidios
de verões infatigáveis,
melhor mesmo é a soltura
do beijo querido e não dado,
das mãos distantes,
dos sonhos alagados,
o amor que não fez-se,
vive por
fazer-se.

Nenhum comentário: