Google+ Followers

terça-feira, 22 de abril de 2008

poemasdiminutos23

olhares são céus.
diminutos, mas infinitos,
em fundos e fundos dos seres,
olhares são céus.

Nenhum comentário: