Google+ Followers

terça-feira, 30 de junho de 2009

poemasmeus776

palmas em meio ao negro palco,
negros olhos, pelos negros,
roupa negra, palmas, palmas,
negro silêncio, pausa,
palmas, cajón, palmas,
negra voz ácida doce, olé.

flamencamente tudo brilha.

Nenhum comentário: