Google+ Followers

sexta-feira, 19 de junho de 2009

pequenininho no abandono fundo,
meu cabelo em desalinho,
o salto na noite de cima do muro,
o pé ao espinho,
a rota alterada;

mas fica de bom, o bom:
ao fim da jornada todo o amor
é vista saudosa de retrovisor
da velocíssima viagem.

Nenhum comentário: