Google+ Followers

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

poemasmeusk

vem como fogo ao
inflamável,
anunciação concreta
do furor de mil verões,
minha toda espera
eleva-se;
ela traz nos olhos
dois abismos de brilhar-nos,
esferas do eu no espelho,
círculos perfeitos do futuro;
o amor há
na imprudência consentida:
antes de tocá-la
já a compunha em linhas.

Nenhum comentário: